PROCURANDO POR ALGO?

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Site mostra se uma senha já vazou em algum ataque hacker

(Foto: reprodução)
Por Olhar Digital
A reutilização de senhas é um problema real, mas pior do que aproveitar a mesma senha em todos os serviços que você usa é fazer isso com uma palavra-chave que já caiu na internet por causa de ataques e vazamentos de bancos de dados.
O site Have I Been Pwned, que tem uma boa reputação e é mantido pelo especialista em segurança Troy Hunt, é uma ferramenta que tradicionalmente serve para ver se seu endereço de e-mail já foi vazado em algum desses ataques, com base em um banco de dados com mais de 300 milhões de credenciais publicadas ao que o pesquisador teve acesso. Agora, ele faz o mesmo para senhas; você pode acessar a ferramenta neste link.
Que fique claro, porém, que é uma péssima ideia fazer a verificação de senhas que você esteja ativamente utilizando em seus perfis online e quaisquer outros serviços em que esteja cadastrado. O próprio site faz essa recomendação em seu cabeçalho.
Assim, a ferramenta é recomendada para você que está configurando alguma conta online nova e gostaria de criar uma senha que jamais tenha vazado em um dos ataques. Tais senhas que constam no banco de dados do site não devem ser usados nunca mais, pois já são facilmente consultáveis pelo cibercrime e deixam o usuário exposto.
A ferramenta é simples. Basta preencher a única caixa de texto na página e pressionar o botão “pnwed?”. Se a senha já tiver vazado, a página exibirá um alerta vermelho afirmando que a palavra-chave não deve ser usada nunca mais, e também avisa que, se o usuário a estiver usando em alguma conta, que ela deve ser alterada imediatamente. Caso contrário, o alerta será verde, avisando que ela nunca vazou. Isso não significa que é uma boa senha, mas ela ao menos nunca caiu na internet em um grande ataque.

Qual a diferença entre medicamentos genéricos, similares, similares intercambiáveis e referência

Qual a diferença entre tipos e apresentações de medicamentos
Entenda as diferenças entre os variados tipos de medicamentos: genéricos, similares e de referência.
Por Saúde com Ciência
Publicado por: 

É comum encontrar consumidores com dúvidas quando o farmacêutico sugere algum medicamento genérico no lugar do medicamento de referência. Genéricos e similares ainda geram insegurança, na maioria dos casos, por desconhecimento de suas características. Cabe lembrar que apenas o farmacêutico (e não os balconistas) podem sugerir a troca por genérico ou similar intercambiável (nunca por similar comum! pois estes não são intercambiáveis* com os de referência). Obviamente, tal troca só pode ser realizada se não houver manifestação contrária escrita pelo médico na receita.

Para entender melhor a frase acima, precisamos saber qual a diferença entre medicamentos genéricos, similares e referência

Qual a diferença entre medicamentos genéricos, similares, similares intercambiáveis e referência


O que são medicamentos de referência? 


- Medicamentos de referência são os chamados inovadores, frutos de descobertas científicas e que detêm a patente por cerca de 20 anos. Tais laboratórios investem anos em substâncias e testes para descobrir novos medicamentos que atuem de maneira segura e eficiente sobre um determinado sintoma ou doença. Após comprovação científica e aprovação regulatória, cria-se o direito à patente, no qual o laboratório responsável pode atribuir uma marca e explorar o novo medicamento comercialmente com exclusividade.


O que são medicamentos genéricos? 


- Após a patente do medicamento de referência expirar, outros laboratórios podem produzi-lo e comercializá-lo. O medicamento genérico, que possui o mesmo princípio ativo, concentração, forma farmacêutica, via de administração, posologia e indicação terapêutica do medicamento de referência. O genérico é, portanto, exatamente o mesmo medicamento se comparado ao de referência, pois sua composição química é idêntica à do medicamento de referência. Os genéricos são facilmente identificados como tal por terem uma faixa azul na embalagem e um grande "G" de genérico no meio desta faixa.


LEIA MAIS...

Confira como foi abertura do projeto : “Hoje tem Música na minha escola" em Aracoiaba.

Themístocles Stanton postou em seu Facebook:
Hoje se deu a abertura do projeto : “Hoje tem Música na minha escola". Que contou com a participação da camerata de violões e também com a orquestra jovem, ambos grupos formados dentro da escola de música.Quero agradecer a todo corpo docente e discente das escolas Pedro Guedes e Almir Pinto pela acolhida tão especial, bem como o professor Edson Teixeira responsável pela camerata, aos alunos da escola de música e a administração municipal pelo apoio.

Foi muito gratificante para nós que fazemos parte da escola apresentar o resultado do nosso aprendizado musical.

Doenças Respiratórias de Inverno

Doenças de inverno
Tire suas dúvidas sobre as doenças respiratórias que aparecem no inverno. Veja também dicas para evitá-las e duas receitas caseiras para tratá-las. 
Por Receita Natural
Você já se perguntou por que as doenças respiratórias são mais comuns no inverno? Muita gente atribui o problema simplesmente à “friagem” desta estação, mas a verdade é que uma série de fatores contribui para a disseminação dessas doenças quando as temperaturas caem.

Por que adoecemos mais no inverno?

Para começar, o inverno faz com que fiquemos dentro de ambientes fechados, o que facilita a contaminação de uma pessoa para outra por meio do ar, que fica cheio de bactérias.


Outro problema comum nessa época do ano é o uso de agasalhos, cachecóis e cobertores que ficaram guardados durante muito tempo, acumulando ácaros e poeira.
Por fim, o ar frio pode irritar as vias áreas, sobretudo dos alérgicos, facilitando o aparecimento da rinite e de outros problemas semelhantes.

Quais são as causas dessas doenças?

As causas das doenças respiratórias são muito variadas. A mais comum são os vírus, responsáveis por 90% das dos problemas de inverno, principalmente as gripes. Há também as bactérias, que causam infecções como a bronquite e a sinusite. Os fungos presentes no ar são outros causadores de doenças respiratórias, ainda que em menor porcentagem. Não podemos nos esquecer, por fim, dos alérgenos, como pó, ácaro e fumaça, que levam o organismo a reagir causando as alergias.

É gripe ou resfriado?

Há muita dúvida em relação à diferença entre gripe e resfriado. A confusão é compreensível, porque ambas as doenças apresentam sintomas comuns, porém com diferença na intensidade.
A gripe é sempre causada pelo vírus influenza (que tem milhares de variações). Os principais sinais da gripe são febre, dor no corpo, dor de cabeça e coriza. No resfriado, os sintomas respiratórios, como coriza, tosse e dificuldade para respirar tendem a ser mais presentes. As dores são menos intensas e nem sempre há presença de febre em pessoas resfriadas.

Dicas para prevenir as doenças de inverno:

Morre cantor e compositor Luiz Melodia aos 66 anos

..
Publicado em 4 de ago de 2017
O cantor e compositor Luiz Melodia morreu nesta quinta feira aos 66 anos.

Morte foi em decorrência de complicações de um câncer na medula óssea. Melodia chegou a fazer um transplante e resistiu bem ao procedimento.

O cantor e compositor Luiz Melodia morreu no Rio de Janeiro, aos 66 anos.
O artista estava internado há vários dias e morreu em decorrência de complicações de um câncer na medula óssea. Ele chegou a fazer transplante de medula, mas não vinha respondendo bem à quimioterapia. O estado dele se agravou bastante na quinta-feira (03).

Pelas redes sociais, muita gente prestou homenagens a Luiz Melodia, como Gilberto Gil e Gal Costa.

Em 46 anos de carreira, Luiz Melodia, o "Poeta do Estácio", bairro carioca onde nasceu, compôs grandes sucessos da música popular brasileira

VEJA MAIS...
VÍDEOSandra Annenberg comove e se emociona ao falar da morte do cantor Luiz Melodia

Feliz sexta-feira para você!!!


Que Deus abençoe a nossa Sexta!

Fiquem com Deus,
Lindas Frases


ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK