PROCURANDO POR ALGO?

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Ferramenta compara a velocidade da sua internet com a prometida pela operadora

(Foto: Reprodução)
POR OLHAR DIGITAL
A Proteste, Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, lançou nesta semana uma ferramenta para ajudar os brasileiros a cobrar suas operadoras de internet fixa. Trata-se do Velocímetro, um site que mede a velocidade da sua internet fixa e compara com o que é prometido pela provedora.
O objetivo, segundo a Proteste, é mostrar ao consumidor quanto dinheiro ele pode estar perdendo em um plano de internet que não entrega tudo o que promete. Segundo uma pesquisa de satisfação realizada pela associação, 40% dos consumidores recebem uma velocidade menor do que a contratada.
Já de acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel, entidade que regula o setor, a velocidade média mensal não pode ser inferior a 80% do plano contratado. Com o Velocímetro, é possível medir de forma objetiva se a operadora tem fornecido ou não a velocidade de internet pela qual é paga.
Para fazer o teste, basta ir até proteste.org.br/velocimetro, fazer um cadastro (que pode ser apagado depois) e iniciar a medição. A ferramenta então mede a latência ("ping"), que é o tempo de resposta entre o seu computador e um servidor remoto; a velocidade de download, que é o volume de dados baixado da internet; e a velocidade de upload, volume de dados enviado à internet.
Segundo a Proteste, é recomendável que o teste seja feito por uma conexão via cabo à internet, já que redes de Wi-Fi podem ocasionar perdas de dados inerentes à tecnologia. Além disso, a orientação é que esse teste seja feito todos os dias, por pelo menos 30 dias seguidos. Ao final desse período, o Velocímetro mostra a velocidade média do mês e compara com o valor contratado.
Assim, se houver diferença, e a velocidade que chega à casa do consumidor for menor do que a contratada, é possível verificar quanto dinheiro está sendo desperdiçado. A Proteste cita como exemplo o caso de um consumidor que pagava por uma internet de 120 Mbps, mas só recebia 15 Mbps. Com base nessa informação, ele conseguiu pedir um abatimento de R$ 78 na sua conta.
O Velocímetro da Proteste não é o único site que faz essa medição. O Speedtest.net, por exemplo, também mede latência, download e upload, sem precisar de cadastro, mas não mostra a perda financeira no fim do mês. Já o Fast.com, criado pela Netflix, mede apenas a velocidade de download, também sem precisar de cadastro.

Nenhum comentário:

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS

ADICIONE AOS SEUS FAVORITOS
Aviso Importante!! Reconhecimento: Alguns textos e imagens contidas aqui neste Site são retiradas da internet, se por acaso você se deparar com algo que seja de sua autoria e não tiver seus créditos, entre em contato para que eu possa imediatamente retirar ou dar os devidos créditos. E-mail: joseni_delima@hotmail.com FAVOR INFORMAR O LINK